DIY é mais do que estimular o cérebro, é também uma forma de ser contra o sistema corporativo/industrial e também monetarista.
Podemos trocar experiências, conhecimentos e até mesmo o produto final.

Na construção a coisa é sem mimimi e momomo, o papo é rústico e reto! :oD

Sai da cidade grande em nome de um dia a dia mais salubre e para construir minha casa com uma boa oficina, e nela poder fazer minhas estrapizongas mais livremente, o resto é história...

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Aproveitando o madeiramento

Me pediram umas sugestões de aproveitamento do madeiramento das caixarias.
Bem, já havia colocado aqui uma calha experimental para oficina que fiz com as tábuas de 30 e agora tem um pequeno uso para os pontaletes junto com a mesma tábua.




Bom, tá aí!
Uma mesinha simples para um vaso com uma parte inferior que talvez eu coloque uma fonte de água para as gatas (aí no canto inferior direito a Berenice).

Vou fazer umas coisas maiores com os pontaletes e depois coloco aqui.

Lixo é como mato.
"Mato" é tudo aquilo que deveria estar lá e nossa estética paranoica classe média não admite.
"Lixo" é tudo aquilo que não temos imaginação ou não nos damos ao trabalho de transformar.

Separar o lixo é a mesma coisa que político que promete educação, segurança e saúde, é obrigação e não algo a ser mencionado.
Ter trabalho, rever nosso padrão de consumo, doar nosso tempo e alterar nossos valores é que são atitudes de fato.

Um comentário:

  1. Estou amando demais seu blog. Continue postando por favor .

    ResponderExcluir