DIY é mais do que estimular o cérebro, é também uma forma de ser contra o sistema corporativo/industrial e também monetarista.
Podemos trocar experiências, conhecimentos e até mesmo o produto final.

Na construção a coisa é sem mimimi e momomo, o papo é rústico e reto! :oD

Sai da cidade grande em nome de um dia a dia mais salubre e para construir minha casa com uma boa oficina, e nela poder fazer minhas estrapizongas mais livremente, o resto é história...

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Não recomendo: cubas de sobrepor

Gosto de coisas clean. O mais simples possível, até nas formas.
Inventei de colocar cubas de sobrepor sobre granito. Frescura minha, a patroa, contrariando a grande maioria da espécie é bem ogra e nem fazia questão da frescura.

No fim me arrependi.




Cubas de sobrepor são ótimas em fotos e em revistas de decoração, na prática é algo 'desarranjado'.
Se você coloca a pedra na altura correta (por volta de 85 cm) o topo da cuba fica alta, e se você coloca a cuba na altura certa a pedra fica baixa.

Além da altura a 'distribuição das coisas' sobre a pedra fica esquisita e é mais chato de secar/limpar.

Sei lá, não recomendo e conheço quem colocou e também se arrependeu.
Olha aí como ficou no lavabo.
A foto não mostra o cotidiano...






Observações fixas dos posts com marcadores "NÃO RECOMENDO!": 

  1. Trabalho em desenvolvimento de hardware e software há décadas e portanto, acostumado a lidar com requisitos e normas técnicas, além do mais, leio até caixa de pasta de dente, portanto, alegar que é um problema meu no mínimo é leviandade.
  2. Devemos lembrar sempre que um produto que atende aos requisitos técnicos e éticos não merecem elogios pois são obrigações dos fabricantes e nós pagamos por isso.

2 comentários:

  1. Esse lavabo é o seu??? Adorei o vaso de ceramica encima da bancada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É meu sim. O vaso foi presente da sogra! rs

      Excluir